Meditando com Water Violet

Os curadores dos Florais de Bach, são a expressão de traços profundos de nossa personalidade. São  faces da nossa alma, e estão intimamente ligados a nossa essência divina. Conhecer o nosso curador, é conhecer uma parte muito importante de nós mesmos. Por que uma parte? Uma parte, porque somos muitos dentro de um só ser, como uma enorme constelação de estrelas fazendo parte de uma galáxia!
Enfim, esse texto que trago pra você, leitor querido, é uma reflexão brilhante sobre a essência Water Violet, feita por um amigo querido.
Leia e se deleite na beleza do texto!

Meditando com Water Violet por

Ricardo Gonçalves -  Escritor, Prof. e Mestre em Filosofia

Imagem relacionada
Water Violet


Uma corrente de águas violáceas, iluminadas, cintilando, como em um sereno regato cristalino, emanando do Chakra Frontal... Esse capilar se une a muitos outros, formando única artéria, levando todos os Espíritos a desaguarem na mesma foz: o Mar da Consciência.
Water Violet é o floral da Consciência, muito mais do que do Conhecimento. Consciência é “sabedoria natural”, do mesmo tipo encontrado na arte praticada pela abelha. Sem aprender, o pequeno inseto executa com perfeição sua tarefa, permanecendo plenamente conectado ao todo de sua colmeia. Entretanto, segundo o modo humano de pensar e analisar os demais seres naturais, a Consciência do ser humano se encontra em estado muito mais aprimorado, pois é consciente de possuir Consciência.
Embora haja pessoas portadoras de muito conhecimento, todo ele não lhes permite sentirem a conexão com o Todo, percebida somente por meio da Consciência. Em outras palavras, é possível ter muito conhecimento e não ter Consciência. A Consciência é mais ou menos aquilo que se pode chamar “sabedoria do caipira” (conceito e ação, hoje em dia, infelizmente, quase não mais existentes!). Mesmo sendo iletrado, muitas vezes esse ser rústico tem percepção ao mesmo tempo simples e profunda das coisas à sua volta, sem conseguir em palavras descrevê-la.
Traço característico da pessoa envolvida pelo espírito essencial Water Violet é o desejo arrebatador de auxiliar as demais na conquista dessa Consciência, por estar convicta de ser esse o caminho para o Universo tornar-se mais harmonioso, um Lar a se desejar verdadeiramente habitar. Por esse motivo, quem está imbuído desse espírito essencial de introspecção tende à frustração, pois seus ideais são, frequentemente, mais elevados do que a maior parte das pessoas pode compreender. Essa pessoa tende a ser exigente ao extremo, primeiramente consigo mesma, tratando-se com muito rigor no que se refere às próprias imperfeições, visto não as suportar; em segundo plano, é insistente com as outras, pois imagina não conseguir a sós construir A VIDA, que anseia compartilhar e difundir. Por sentir-se incompreendida, muitas vezes se afasta do Mundo, inicialmente por ressentimento. Logo em seguida, já mais tranquila pelo exercício da compreensão, continua distante para contemplar novas estratégias, com a finalidade de buscar atingir seu Objetivo Maior. Seu afastamento é interpretado pelos outros como arrogância, orgulho, prepotência, que efetivamente podem existir. Não obstante, na maioria dos casos, ocorre exatamente o oposto. A pessoa envolvida pelo espírito essencial intimista Water Violet, como uma lagarta, reclui-se em crisálida para, mais tarde, fazer manifestar-se a borboleta magnífica emergente da casca seca e enrugada deixada para trás.
Resultado de imagem para water violet pngA pessoa marcada pela sutileza espiritual de Water Violet encontra grande dificuldade de desprender-se de certas ideias, sendo obstinada, teimosa, muitas vezes até mesmo rabugenta e impaciente. O motivo desse comportamento aparece nesta revelação: a vida da pessoa transpirante da essência floral Water Violet é de dedicação a “uma causa”, que, em seu pensamento e sentimento é “A CAUSA”. De alguns aspectos de sua vida terrena e de vários de seus conceitos ela abre mão, mas daquilo que considera fundamental, jamais lhe renunciará, por ter certeza de abandonar esses princípios ser o mesmo que entorpecer seu próprio ideal e permitir esvair-se completamente a aspiração à transformação universal pela qual sempre tem lutado.
Esse estado de ânimo costuma ser abalado por dúvidas, causadoras de angústias: “Estarei enganado? Estarei perseguindo uma utopia? E se, por acaso, minhas certezas forem nada além de divagações de minha mente?” Tais tormentos se devem à necessidade do Espírito irrigado pela natureza essencial e aromática Water Violet ser sincero consigo mesmo e não aceitar investir tanto esforço e seu próprio Ser em empreendimento ilusório. Ele encontra serenidade apenas quando se lembra do princípio délfico: “Só sei que nada sei!” – que o filósofo ateniense Sócrates fez seu lema. Aceitar a própria ignorância leva essa pessoa ao compromisso em relação à Verdade tanto almejada.
Pode acontecer da personalidade imersa na essência intuitiva Water Violet não se sentir integrante deste Mundo, tendo sensação de pertencer a outra esfera ou dimensão, nem melhor, nem pior, tão-somente diferente. Sente, por exemplo, que o êxtase pode vir muito mais de uma experiência de profunda simbiose espiritual com outro Ser, do que por relacionamento físico. Por isso, algumas dessas pessoas se alheiam o máximo possível ao prazer sexual, por ter a potência de deixá-las deprimidas, uma vez que o consideram pálida e efêmera imagem daquela Fusão Essencial. Esse exagero acontece apenas a poucas pessoas no Planeta, a cada ciclo de duzentos anos. A desvantagem dessa maneira de sentir é essas pessoas estarem constantemente insatisfeitas, por darem pouco valor às excitações corpóreas, mesmo não estando ainda em condições de atingirem o ideal espiritual. Justamente por isso, algumas dessas pessoas não pretendem gerar filhos carnais, e sim construírem uma legião de descendentes espirituais, nutridos pelo néctar de suas ideias e de seus ideais.
Para a pessoa absorvida pelo espírito essencial Water Violet, a Natureza é a Grande Mestra, a Mãe Generosa, o Seio Farto do Leite Cósmico. Em meio à Natureza toda, essa pessoa admira especialmente o Espírito Botânico; e entre os seres desta categoria reverencia principalmente o fenômeno Arbóreo, tão silencioso e ao mesmo tempo tão abundante de vida ebuliente, cuja exuberância somente o Espírito Consciente consegue contemplar. A Árvore é o grande símbolo do armazenamento da Força Vital. Em um momento de esplendor, lança botões que se abrem em flores, as quais, visitadas e polinizadas pelos insetos laboriosos, são agraciadas com a oportunidade de originarem frutos. No interior destes, as sementes são princípios de continuidade da existência da Matriz, proporcionando-Lhe disseminar-se pela Eternidade, por todas as partes do Universo. Water Violet é, portanto, interiorização e expansão.
Aqui está, sintetizado (apesar desta síntese estar muito longa...), o afã inspirado pelo espírito essencial floral Water Violet. Somente para concluir, é preciso esclarecer não ser fácil viver ao lado de quem possui mente impregnada da natureza manancial Water Violet! Porém, pode ser profundamente edificante e libertador aproximar-se de alguém assim...

Em busca de Luz para meu Ser

Para as pessoas afinadas com o espírito essencial floral Water Violet, boas sugestões de leitura são meus livros:

1.    “Em busca de Luz para meu Ser”

Este romance é obra de espiritualidade, indo muito para além da história do relacionamento homossexual nele descrita. O envolvimento entre os personagens serve como meio para a transmissão de conhecimentos capazes de conduzirem o leitor à elevação, independentemente de sua sexualidade.
     Fernando, há muitos anos buscando o aprimoramento interior, despende todos os esforços para ajudar seu amigo a desenvolver-se também. Nessa trajetória, encontram-se diante do desafio da dependência química de Alexandre, bem como da descoberta de sua contaminação pelo vírus HIV. Alexandre é um homem rústico, procedente de zona rural, trazendo consigo a marca de valores e crenças preconceituosos que o impedem de contemplar as diferenças. Fernando o auxilia a considerá-los e compreendê-los, proporcionando-lhe inúmeras experiências de desabrochar espiritual.

     Ao contemplar temas como morte, suicídio, aborto, racismo e vida após a morte, entre outros, utilizando as abordagens filosófica e psicológica, este livro tem caráter terapêutico, pois tem o poder de dar cuidado ao leitor, nas profundezas do seu Ser. 

Para saber mais, clique na imagem:

2. “Um portal para a Vida Plena: versão para católicos”

Fernando (o mesmo protagonista do livro anterior) é professor e terapeuta holístico, a quem se oferece oportunidade de dirigir um retiro espiritual, destinado a um grupo de religiosas e professores de escola secundária. O fato dos participantes serem todos católicos inicialmente é circunstancial. Todos se surpreendem: ao invés de imergirem em trabalho de oração tradicional, defrontam-se com questionamentos constantes acerca de suas crenças e seus valores mais profundos, conceitos por eles defendidos de maneira impetuosa, por serem, para eles, possuidores do estatuto de verdades inquestionáveis. O dirigente argumenta com sua platéia, dando-lhe chance de contra-argumentar. Apesar das inúmeras objeções apresentadas, pois os temas em questão afrontam as convicções dos participantes, Fernando consegue demonstrar não que suas conclusões são corretas, mas capazes de conduzirem a reflexões racionais, rigorosas e válidas. Isso dá ao livro um caráter filosófico.
O subtítulo (“versão para católicos”) se deve ao fato de alguns assuntos abordados dizerem respeito especificamente ao catolicismo. Não obstante, a maior parte do livro é fundamental para todos os seres humanos, independentemente de suas crenças. Assim, quem souber filtrar as informações, superando o conteúdo especificamente religioso, obterá os efeitos que a obra pode lhe proporcionar.

Por meio deste livro, o leitor será convidado à meditação, à oração, à interiorização e à busca de seu verdadeiro Eu. Portanto, é livro de um Water Violet para todos aqueles que se identificam a essa exuberante essência floral e que, portanto, desejam contribuir para a edificação do nosso Planeta.
Para saber mais, clique na imagem:


Comentários