Depressão


Partilhando a tristeza com Caetano Veloso...


Estou tão triste tão triste...
Estou muito triste.
Por que será que existe
O que quer que seja?
O meu lábio não diz.
O meu gesto não faz.
Sinto o peito vazio
E ainda assim,
Farto.
Estou triste tão triste,
E o lugar mais frio do Rio
É o meu quarto

(Caetano Veloso)

Essa manhã, ouvindo essa canção, na voz de Caetano, eu partilhei com ele este sentimento de tristeza e de vazio, que insiste em preencher o coração da gente.

Sim. Um vazio que preenche,  e que não se esvazia.

Diz que a tristeza é abstrata. Mas ela corta o coração. Ela não tem forma, mas é sentida  e sobre ela não se pensa. Não há pensamento que expresse o que ela faz sentir, porque ela é sentir e seu sentido é a dor...

A tristeza pode não ter sentido, mas se faz sentir. Pode estar no tempo, no espaço, num sorriso disfarçado, numa lágrima silenciosa que insiste em correr pela face, quando me vejo sozinha.

Estou tão... tão triste.

Olho a paisagem através da janela, cujas vidraças estão sujas...  O dia é cinza, e as ondas do mar se quebram nas pedras, indiferentes à minha dor. Estranhos passam na calçada, e o meu sentimento de estranheza me faz sentir alheia à toda essa vida que insiste em me rodear. Por que?

Eu me movo na tristeza, no escuro, no silêncio. Na tristeza eu existo.

Essa tristeza tem cor: Cinza. Essa tristeza tem cheiro: Dor. Essa tristeza tem sede: Nada. Essa tristeza tem forma: Vazio.

O vazio da alma se expande pelo corpo, poros, músculos, pele, sentidos... Ela me pede alguma coisa que minha mente não consegue compreender. A mente e a alma não se entendem, e um sentimento de desconexão toma conta de cada membro do meu corpo que até então parecia estar ligado a tudo, mas o nada se fez presente. Apatia.

Solidão, palavra que machuca, dor que consome, “ e o lugar mais frio do Rio, é o meu quarto.” Ninguém me acompanha nesse sentimento profundo. Solidão. Mais uma abstração concreta que existe sem dar existência. Isolamento.

A tristeza, a apatia, a angústia  consomem o melhor de mim. Mas o que é o melhor de mim? O Sorriso? A alegria? A esperança e a harmonia? Sim. 

A vontade de viver precisa reviver como uma chama sagrada que jamais se apaga em tempo algum.

Triste tudo isso, não?

Calma!

Minha intenção não é te deixar mais triste.  Minha intenção é criar empatia com você, e mostrar que eu quero partilhar com você a sua dor, e te dar o melhor de mim: minha alegria. Eu te compreendo. E aceito o que você me traz nesse momento.

Tristeza. Apatia. Perda total de interesse pela vida. Solidão. Sensação de inadequação. Autoestima baixa. Desespero. Angústia. Medo. Se  você está sentindo tudo isso ou parte disso,  pode  ser que esteja com os sintomas mais evidentes da DEPRESSÃO.

Difícil de ser diagnosticada, a depressão é um mal que assusta a Humanidade desde sempre. Faz morrer pessoas todos os dias, por trazer uma desconexão interior com o mundo exterior e então  acontece a perda do sentido. Principalmente o  sentido de viver. É como se tudo, fosse substituído pelo nada...

Esse problema deve ser cuidado, e de forma alguma ignorado. Ela pode te acompanhar durante meses, anos, talvez uma imensa parte da sua vida.

Esse vazio que consome, deve ser consumido pela luz que deverá substituí-lo. É como acender a luz de um quarto que está escuro. De repente a luz se faz, e tudo se é percebido. A mobília, o porta-retratos, as roupas jogadas em cima da cama, os sapatos espalhados pelo chão, os livros caídos na prateleira... Tudo que estava ali continua, mas eu  não enxergava. No entanto,  agora a luz me faz enxergar, ver sentido e querer arrumar a bagunça.

Entendeu? É bem assim, meu querido amigo leitor.

Se você está se sentindo assim, está lendo o texto certo.

Vem cá. Sinta-se aqui comigo. Tenho algo a te contar. 

Quando o Dr. Edward Bach, criou as suas 38 essências florais, ele não deixou de pensar nessa dor que é tão comum em grande parte da sociedade, e até em animais domésticos.

Se você se sente assim, o que acha de tomar os Florais de Bach? 


Eles poderão te ajudar infinitamente a preencher de luz, aquilo que te consome a alma.

Existem vários motivos para se ter depressão, seria muito complicado eu descrevê-los todos aqui pra você, além de não ser o objetivo dessa nossa conversa, mas, passarei algumas essências que poderão te ajudar nesse momento, lembrando que o ideal é sempre buscar a ajuda de um terapeuta.

Vamos lá:

  • Gentian: Essa essência, que é considerada “o floral da fé” e te trará o ânimo e a fé necessários para superar as dificuldades que te levaram à depressão, ou a própria depressão em si.


  • Gorse: Caso você já tenha desistido de tudo e acha que para o seu caso não existe mais solução, essa essência te trará a fé e a alegria necessárias para se viver de bem com a vida e superar todas as feridas que te afligem.


  • Clematis: Essa essência te ajudará a se interessar novamente pelo momento presente, pela vida,  evitando que você se feche e se mantenha isolado e absorvido pela tristeza.

  • Wild Rose: A apatia pode ser nosso pior inimigo, pois é silenciosa e se esconde sob a aparência da indiferença. Wild Rose nos traz a alegria de viver. Uma vida plena é plena de sentidos.

  • Cherry Plum: Se você tem medo de perder o controle e contempla o suicídio, tenha calma! Essa essência irá acalmar o teu pensamento, te trazendo clareza e serenidade interior.

  • Mustard: Esse floral te ajudará a se equilibrar internamente, levando embora aquelas “nuvens cinzentas” que insistem em te rodear. Essa essência traz alegria e bem-estar interior.Trata-se daquela tristeza cíclica que não tem um motivo  pontual. 


  • Sweet Chestnut: Ele traz o conforto e o consolo. Leva embora aquela angústia insuportável que não te deixa ver uma saída para a situação-problema. Ele é o alívio das dores e das penas que atormentam a alma.


Veja! Numa combinação de Florais de Bach não deve haver mais de 6 essências. Portanto, leia com atenção as minhas sugestões e escolha até 6 para preparar o seu floral.

Confia. Você ficará bem.

Somos todos seres de luz e merecemos uma vida plena. Ser feliz é um direito de cada um de nós.

Resultado de imagem para lampada amarela png

Se você gosta de Cromoterapia, a cor mais indicada é a luz amarela. Ela desperta novamente a alegria de viver. Um banho de luz amarela 5 minutos por dia, já te ajudará muito. Não tem uma lâmpada? Então tome um banho de sol. O Sol é a fonte da vida. Roupas mais coloridas e alegres, também ajudam a levantar sua moral. Ambientes de cores alegres, principalmente amarelo claro, te farão se sentir melhor.






Bem, creio que já tomei bastante tempo da sua atenção. Muito obrigada por me visitar aqui!
Sendo assim, para concluir...


"Então, esteja bem. E na medida em que você vai se curando eu te digo que:
Eu sinto muito pelas memórias de dor, que compartilho com você.
Te peço perdão por unir meu caminho ao teu para a cura.
Te agradeço por estar aqui para mim.
E te amo por ser quem você é." 

(Trecho da oração original do Ho'oponopono)

Sou grata!
Sandra Baptista




Comentários

  1. Que lindo site!! As postagens estão excelentes, como sempre foram. Só mesmo uma alma sutil e delicada para poder compreender com tanta empatia as dores dos outros. Sou um grande admirador do seu trabalho e sou muito grato pela oportunidade que tive de fazer os cursos. Parabéns!!! Vc é uma excelente profissional, professora, terapeuta, humana. Muito feliz por vc, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu carinho, meu amigo! Muito feliz com sua visita no blog!!! Venha sempre! Beijos no coração S2

      Excluir

Postar um comentário

Oi! Obrigada pelo seu comentário! Abraços e luz!