sexta-feira, 25 de maio de 2012

O Câncer tem Cura - Frei Romano Zago - "Cura pela Babosa


Frei Romano Zago, nascido em 11-08-1932.


Frei Romano Zago, após os cursos de Filosofia e Teologia, ordenou-se Sacerdote Franciscano em 1958. Em 1971 diplomou-se em língua e literatura luso-brasileira, francesa e espanhola, pela Faculdade de Letras da PUCRS - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Foi em 1988, na Paróquia Santo António, Pouso Novo (Brasil) que começou a testar a receita da Aloé Arborescens, mel e aguardente de cana e constatou os primeiros casos de sucesso.

Depois disso, esteve em Israel, sempre usando com êxito a sua receita. Foi convidado a dar palestras em Portugal, Suiça, Itália e outros países.

Além do livro Aloé não é remédio... mas Cura!, escreveu O Cancro tem cura!, traduzido para italiano, castelhano (Argentina), espanhol, inglês, alemão, francês e grego.

Aloe Arborescens
Frei Romano Zago parte da exploração das propriedades medicinais da Aloé Arborescens, conhecida há milénios, e cuja receita tem resolvido muitos problemas sem causar qualquer dano ou efeito colateral negativo ao seu consumidor.

Os seus ensinamentos não recomendam a automedicação. Muito pelo contrário. Propugna que, ao persistirem os sintomas, o médico deve ser consultado, até porque este estudou para se constituir na maior autoridade em matéria de saúde.

E finaliza assim: "Acoplados ambos os sistemas, obter-se-ão resultados mais alentadores, já que o objectivo último da medicina deve ser o de salvar vidas."

Segundo o Frei Romano Zago, a Aloe Vera (babosa) é uma das plantas curativas mais perfeitas que encontramos na natureza, sendo que, dos 22 aminoácidos de que o nosso organismo precisa, ela contém 18. Além desse e de outros benefícios, a planta fortalece os sistemas imunológicos debilitados.
Frei Romano afirma que a planta tem curado muitos tipos de câncer: no cérebro, pulmão, fígado, intestino, garganta, mamas, útero, ovário, próstata, rins, pele e leucemia. Ele conta o caso de um paroquiano, com câncer na próstata e desenganado pelos médicos, que recebeu os sacramentos finais e utilizou a babosa por sua sugestão. Esse senhor está vivo e com seus 80 anos.
Diz ele:
- Diante do sucesso do meu primeiro caso, comecei a aplicar a fórmula em vários outros, sempre com êxito. Quando fui trabalhar na Terra Santa, encontrei por lá também um imenso campo. E as curas foram se sucedendo às dezenas. Uma religiosa, diretora de colégio, tinha um tumor no útero, de tal volume que os médicos do Hospital Hadassah não lhe davam mais de duas semanas de vida; um outro senhor, tinha câncer na garganta e só engolia por sonda; uma senhora, tinha câncer nos rins. Desenganados pelos médicos, eles continuam vivendo.
- Mas o caso mais comovente foi o de Geraldito, um garoto argentino de cinco anos, que tinha leucemia. Os pais o levaram à Espanha, onde fez transplante de medula. Inútil. No auge do desespero, foram até Belém. Diante da gruta da Natividade, rezaram: "Aqui a vida apareceu diante dos homens". E choravam muito: "Como pode ter nascido a Vida aqui se em breve teremos que entregar nosso filho á morte?" Chamaram-me. Embora a situação me parecesse extrema, a ponto de duvidar da eficácia da babosa, tranqüilizei-os: "Enquanto há vida, há esperança." Depois de um mês, ele veio me visitar com seus felizes pais, e com sua vela acesa na mão, quis participar da procissão dos freis. Tomou uma segunda dose e, um mês depois, voltou a Buenos Aires.
Além do câncer a babosa cura outras doenças, como alergias, aftas, asma, anemia, cólicas, cãibras, artrose, queimaduras, insolação, doenças da pele, gangrena, diabetes, hemorróidas, furúnculos, feridas venéreas, infecção da bexiga e rins, reumatismo e insônia, dentre outras. Não cura a AIDS, mas freia, trava o processo, afirma Frei Romano.

A RECEITA DO FREI ROMANO ZAGO

Ingredientes:
  • Folhas grandes de babosa com pelo menos 5 anos de idade. As folhas devem medir um metro se colocadas em fila indiana. Este é o ingrediente ativo da receita.
  •  50 ml de bebida destilada (cachaça, vodka, whisky, conhaque, etc)
  •  1 / 2 quilo de puro mel de abelhas
  • 1 garrafa de vidro escuro com capacidade para um litro (para armazenar)

Antes de Preparar
  • Colher a babosa no escuro, após 5 dias sem chuva. Não colher com orvalho. Preparar no escuro e logo depois de colhida (acenda a luz de um cômodo próximo, ou acenda uma vela, para obter alguma iluminação).
  • Depois de feito o remédio, guardar em vidro escuro na geladeira. Tomar o remédio no escuro. O motivo de se evitar a claridade é que na babosa a substância que age contra o câncer perde seu efeito ao entrar em contato com a luz.

Como Preparar
  • Tire os espinhos das folhas de babosa e limpe-as com um pano úmido em álcool. Corte-as e coloque no liqüidificador juntamente com a bebida destilada e o mel.

Como tomar
Para curar o câncer – tomar duas colheres de sopa três vezes ao dia, durante 10 dias; parar por 10 dias e tomar mais 10 dias, assim sucessivamente até se obter a cura total.
Observação: a cura do câncer será obtida com êxito quando ele estiver na fase inicial, pois quanto mais velho, mais difícil será a cura.

Contra-indicações
O Dicionário das Plantas Úteis do Brasil, obra do botânico Pio Corrêa, editado pelo Ministério da Agricultura, diz que a babosa é contra-indicada durante a gravidez, para pessoas com propensão a hemorragias, para aquelas com menstruação excessiva ou com debilidades da bexiga. Tais limitações são decorrentes da grande ativação renal resultante do amplo espectro depurativo do remédio, ao filtrar milimetricamente o sangue. (Fonte – Frei Romano Zago)



Para Baixar o Livro do Frei Romano Zago O Câncer tem cura! - clique aqui! 

Fontes de referência:  






10 comentários:

  1. Gostaria de obter muda da Aloe Barbadensis Miller. Já procurei em toda a Internet em vão. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Pesquisando sobre essa Babosa que você citou, encontrei o seguinte contato, que se dispôs a fornecer mudas, extratos, folhas secas, etc...
      otair @hotmail.com
      Espero que te ajude!
      Abraços e luz!

      Excluir
    2. http://www.jornaldaserra.com.br/8Arquivo/babosa.htm

      Excluir
    3. tenho pes de babosa, se quizer...mdsobral@sapo.pt
      recife 81-8865.1603

      Excluir
  2. Boa tarde! Estava com urticária, diagnosticada por dermatologista (braços e pernas). A medicação halopática não fez efeito nenhum (inclusive tinha coceira na virilha também, que chegava a sangrar. Usei sabonete de herva de bicho, de babosa, gel de babosa e o preparado de babosa para câncer, mas com a Aloe Barbadensis (usei duas folhas com casca, meio kilo de mel, e uma bebida destilada pra conservar). Tomei durante mais ou menos duas semanas. Não sei porquê, logo que entrou o frio, a coceira sumiu. Mas comecei a entrar em estado febril, logo depois de umas caminhadas e corridas de longa distância (+ - 38°) e muitas dores no corpo e fraqueza.Logo depois, comecei a sentir dores no baixo ventre, vontade constante de evacuar, dor interna ao evacuar, e muita formação de gases. No início tinha presença de sangue nas fezes, agora não mais. Estou assim até hoje, vou ao sanitário várias vezes ao dia, com dor insuportável e continuo com febre. Não estou podendo ficar muito tempo em pé e nem sentado, pois piora. Procurei um proctologista que me passou Colonoscopia, que irei fazer no próximo dia 24. Minha alimentação é saudável, estou usando óleo de copaíba e comecei hoje a usar elixir de unha de gato. Vou fazer também banho de assento com gengibre. O que pode ter acontecido? Existe cura natural pra isso? Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Compartilho este vídeo sobre a babosa pois sei que é do seu interesse!
    A humanidade tem sofrido nas últimas décadas de diversos males corporativistas em relação a saúde (entre outros) e com a intoxicação da vida moderna e sintética. Há descaso e descuido do sistema médico, falta de ética e arrogância em não favorecer a cura pelas vias naturais em equilíbrio com o avanço da medicina.
    Debochando sistematicamente de quem cuida da saúde com produtos naturais e, se não bastasse, aproveitando-se do poder desvirtua ou impede que as alternativas de saúde sejam utilizadas por todos, especialmente pelos mais leigos.
    Não deveria ser o sistema de saúde a favor de todos os meios possíveis para favorecer a cura e diminuir o sofrimento humano? Não deveriam ser os profissionais da saúde, pesquisadores natos, de mente aberta amantes do conhecimento e da aventura em ampliar a cada dia mais as alternativas de cura?
    Como restringir a LEIS aquilo que não é do homem? A saúde é comportamental, é cultural, é social e não legislativa ou sectária.
    Esse vídeo é para mostrar que já não há mais como esconder a verdade.
    https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=cxzxFN0gXIA

    Sua opinião é bem vinda. Agradeço por deixar um comentário no YouTube.
    Caso considere a informação importante peço que compartilhe com sua lista pode ser?
    Penso que mais pessoas podem se beneficiar do tema.

    ResponderExcluir
  4. GOSTARIA DE SABER SE A BABOSA É MESMO TAO EFICAZ CONTRA O CANCER COMO ESTÃO DIZENDO,SE ALGUEM JA FEZ USO E SE CUROU ME RESPONDA, PORFAVOR

    ResponderExcluir
  5. Só faltou falar que a medicina tradicional não tem interesse em curar as pessoas, principalmente o câncer, porque eles vivem das doenças das pessoas.

    ResponderExcluir
  6. estou com creatinina de 5.99; insuficiencia renal , saber se a babosa fará bem . biopsia marcada

    ResponderExcluir

Oi! Obrigada pelo seu comentário! Abraços e luz!

Olá, Seja muito bem vindo!!!

Este é o lugar para tratar do corpo e da alma!!!!