O corpo se expressando em sua língua...


É o corpo, se expressando em sua língua, os sintomas:
O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a criança interna tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
(por Andrey Lima)

Comentários

  1. O corpo realmente fala, grita...
    A maior parte dos males físicos têm a origem no emocional.
    Tratar os sentimentos, os pensamentos, as dores, antes que atinjam o corpo seria o ideal...
    Mas quase todos nós tratamos só as doenças já instaladas e não as causas... Daí nos vemos tantas doenças chamadas crônicas que, apesar do tratamento correto, não obtém melhora.


    Gostei muito do post!

    Um abraço, minha amiga!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lilian, minha linda!!!
    Você sempre perfeita em seus comentários!!! Gratidão pela sua atenção!!! Bjs e luz!

    ResponderExcluir
  3. bacana este espaço colega!!!
    haja luz...
    namastê!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ricardo! Obrigada pela visita! que bom que gostou daqui!
    Namaskar!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi! Obrigada pelo seu comentário! Abraços e luz!